GASES DE EFEITO ESTUFA (GEE)

Constituintes gasosos da atmosfera, naturais ou resultantes de atividades humanas, que absorvem a radiação infravermelha e, desta forma, controlam a temperatura da Terra. São seis os GEEs abrangidos pelo Protocolo de Quioto: dióxido de carbono (CO2), metano (CH4), óxido nitroso (N2O), hexafluoreto de enxofre (SF6), hidrofluorcarbonos (HFCs) e perfluorcarbonos (PFCs).
Cada GEE possui seu próprio potencial de aquecimento global (GWP).

Fonte: The Clean Development Mechanism: a user's guide -Energy & Environment Group • Bureau for Development Policy


GHG PROTOCOL

É uma ferramenta desenvolvida pelo World Resources Institute (WRI) e pelo World Business Council for Sustainable Development (WBSCD), que oferece uma estrutura para a contabilização de gases do efeito estufa, cuja metodologia é compatível com as normas ISO 14.064 e as metodologias de quantificação de gases do efeito estufa do IPCC.

Com o intuito de estabelecer uma cultura de inventários no país, criou-se o Programa Brasileiro GHG Protocol, cuja aplicação do GHG Protocol é feita de modo adaptado ao contexto nacional. O WRI e o GVces foram responsáveis pela implantação do programa no Brasil.


Fonte: http://www.ghgprotocolbrasil.com.br/index.php?page=Conteudo&id=5

 

GLOBAL REPORTING INICIATIVE (GRI)

Organização não-governamental internacional, o GRI desenvolve e dissemina mundialmente diretrizes para a elaboração de relatórios de sustentabilidade. Em dezembro de 2006 foi lançada a versão em português do documento.

Fonte: http://www.globalreporting.org/Home/WhoWeArePortuguese.htm

 


GOLDEN STANDARD

É uma entidade sem fins lucrativos que opera um sistema de certificação de créditos de carbono. Criada para tornar os Mercados de Carbono voluntários e regulatórios mais seguros, ela certifica projetos de redução de emissão de GEE, buscando aumentar a credibilidade ambiental dos projetos.

O selo Golden Standard é considerado um dos principais indicadores de qualidade desses projetos.


Fonte: http://www.cdmgoldstandard.org/



GWP (POTENCIAL DE AQUECIMENTO GLOBAL)

É uma medida de como um determinado gás do efeito estufa contribui para o aquecimento global.

Gás
GWP
CO2
1
CH4
21
N2O
310
HFC-23
11.700
HFC-32
650
HFC-125
2.800
HFC-134a
1.300
HFC-143a
3.800
HFC-152a
140
HFC-236fa
6.300
CF4
6.500
C2F6
9.200
SF6
23.900

Fonte: United State Environmental Protection Agency